De displays a playlists, são sete os tipos de formatos de anúncio no Spotify. O principal objetivo da plataforma é que as marcas consigam fazer campanhas completas, maximizando seu alcance e aumentando a relevância. Afinal, o maior serviço de streaming musical do planeta é também uma plataforma que entende de pessoas e utiliza seu banco de dados para aproximar marcas e público.

Kevin Showkat, gerente de produtos do Spotify, afirma que há uma desordem digital no mundo, sendo cada vez mais difícil para os anunciantes fazerem com que sua mensagem ou produto “se destaque” de uma maneira significativa. Por isso, o Spotify aposta em dados e estatísticas também para a publicidade.

Ninguém quer jogar dinheiro fora, ainda mais hoje em dia. Portanto, é essencial saber escolher para quem, como e quando comunicar a sua mensagem. Caso contrário, seu anúncio será mais uma grande campanha de marketing indo por água abaixo. Diante dessa necessidade das marcas de uma comunicação assertiva, separamos algumas dicas sobre os formatos de anúncios no Spotify, que é uma excelente plataforma quando a questão é conversar com seu público-alvo.

formatos de anúncio no Spotify

Áudio, um dos formatos de anúncio do Spotify

O áudio é um dos formatos de anúncio no Spotify que toca entre as músicas de uma playlist. São 30 segundos de anúncio entregues a cada 15 minutos de música. esse tipo de anúncio é chamado de Audio Everywhere e garante 100% de SOV para sua marca. SOV é o desempenho do anúncio, que por ser em áudio e impossível de “pular” assegura que o usuário vai escutar o final.

Além disso, este é um dos formatos de anúncio do Spotify que é possível inserir um banner clicável, que é a arte que aparece na capa e o nome da campanha. Ambos são clicáveis, facilitando os acessos à URL de destino. Esse tipo de propaganda é entregue em todas as plataformas do aplicativo, seja para desktop, web, celular, tablet, PlayStation®, Chromecast ou algumas TVs conectadas.

O arquivo de áudio deve ser inserido em formato WAV ou MP3 tendo o tamanho máximo de 1 MB. Também é preciso fornecer o texto do anúncio e opção de Call to Action (CTA), que seria a ação a ser feita pelo usuário, como por exemplo: saiba mais, adquira agora ou acesse o perfil. Essas informações vão aparecer no lugar do nome da música e do artista e devem ter no máximo 45 caracteres. Já o banner deve possui uma arte de 640x640px, em jpeg e possuir no máximo 200 KB.

Vale informar que em uma pesquisa com 36 campanhas de áudio do Spotify em 12 segmentos diferentes, os anúncios de áudio promoveram um aumento médio de 60% na lembrança publicitária com relação às referências do setor.

Vídeo

Existem duas formas de anunciar no Spotify através de vídeo, são elas: sessão patrocinada e vídeo takeover. A sessão patrocinada está habilitada apenas para aplicativos móveis e consiste em uma playlist de 30 minutos sem anúncios para usuários free. Basta o ouvinte assistir o vídeo da sua marca de no máximo 30 segundos e pronto, ele está livre dos anúncios durante meia hora.

Já o vídeo takeover é um dos formatos de anúncio no Spotify apresentado aos usuários entre uma música e outra, nos intervalos comerciais. Este formato de anúncio inclui um banner clicável que redireciona o usuário para o site da marca e está disponível para aplicativos móveis e desktop.

O vídeo takeover é uma forma incrível de engajamento emocional com o público. Por conter som e imagem, é possível pensar uma propaganda emocionante para fazer uma comunicação assertiva e regionalizada.

É importante lembrar que o Spotify é uma das únicas plataformas que garante que o usuário fez a visualização do anúncio até o final através da garantia de visualização HAVOC.

Tanto para sessão patrocinada quanto para o vídeo takeover o vídeo deve ter no máximo 500 MB, durar 30 segundos e estar em MP4 ou MOV. A imagem deve manter uma proporção de 16:9 (vertical) e 9:16 (horizontal). A diferença é que para o vídeo takeover é necessário escolher um CTA e indicar a URL para a qual o usuário será redirecionado. Além disso é necessário o envio de uma arte 640x640px. Para saber ainda mais detalhes técnicos desses formatos de anúncio no Spotify, acesse o site do Spotify.

Display

Os anúncios de Display são “banners” veiculados dentro do Spotify. Atualmente, é possível optar por três posições para anúncios de Display: o overlay, a homepage takeover e o leaderboard.

O overlay pode ser veiculado no aplicativo mobile e no desktop. A imagem aparece quando o usuário volta para o aplicativo, garantindo assim a visualização. O banner tem também uma URL, que encaminha os usuários do Spotify para o site da empresa ou hotsite da campanha.

A homepage takeover também é uma propaganda clicável, mas este está disponível somente para o aplicativo de desktop. Este tipo de anúncio fica sobre a página de início do Spotify e fica no ar por 24h, a plataforma define esse formato de anúncio como uma “experiência de alto impacto”.

Por sua vez, o anúncio de Display leaderboard é uma mensagem única, exibida por 30 segundos no rodapé de uma Playlist. A propaganda também é composta por imagem e URL e só pode ser veiculada no aplicativo desktop e no web player. O leaderboard é um dos formatos de anúncio no Spotify indicado especialmente como complemento de campanhas maiores.

Estes três formatos de anúncio no Spotify são compostos de uma imagem, que pode ser estática (jpeg) ou interativa (gif). Os tamanhos das imagens variam em cada um dos formatos. Mas a CTA será necessária apenas no overlay.

Patrocínio

Além das playlists criadas por usuários do Spotify, algumas são criadas pela própria plataforma. Pensadas para públicos específicos, elas já tem uma audiência garantida. A playlist “Corra numa boa”, por exemplo, é acionada por milhares de pessoas que fazem academia ou praticam outras atividades físicas todos os dias.

É neste tipo de playlist que é aplicado o patrocínio. As Sponsored Playlists permitem que as marcas interajam com os usuários através de mensagens de áudio ou vídeo em cada intervalo comercial da playlist.

Para esse formato de anúncio o Spotify se compromete também a contribuir com a divulgação da playlist. O grande desafio nesse caso é descobrir o público-alvo da marca para direcionar os anúncios para a play com o perfil de assinantes mais indicado.

Para este tipo de propaganda é necessário o envio de duas artes: uma delas será um anúncio que direciona os usuários até a Sponsored Playlist e a outra ficará dentro da sponsored playlist. A primeira seria composta por uma arte em jpeg que pode ser em três tamanhos diferentes sem logotipo e texto da marca, já que esses devem ser enviados separadamente. Também existe a possibilidade de fazer o anúncio em forma de áudio. Já na segunda há a inclusão do logotipo, um áudio e vídeo de 15 ou 30 segundos e um banner de overlay.

Spotify e a segmentação do target

No Spotify os anúncios são uma forma não só para atingir o público do segmento certo, mas também uma estratégia de regionalização. Afinal, o Brasil é gigante e os gostos musicais são parte da cultura de cada região, que possui hábitos de lazer, consumo, interesses e personalidades locais.

Por exemplo, os sulistas, em sua maioria, ouvem música gaúcha, então por que não aproveitar uma playlist com esse gênero musical para fazer um anúncio, se a sua empresa for de Porto Alegre, por exemplo? E se o seu negócio for de Salvador, que tal apostar em playlists de axé ou algum ídolo da região, como a Saulo Fernandes?

A partir da segmentação dos usuários é possível gerar a campanha certa para o público certo, conectando-se emocionalmente com o seu público.

Gostou das nossas dicas sobre os formatos de anúncio no Spotify? Se você ficou com alguma dúvida, pode deixar o seu comentário que vamos te ajudar! Não esqueça que para falar com os Brasis do Brasil, fale com a SMBR.

 

 

 

 

 

Walter Ziebarth

. Walter Ziebarth