O que é o Google Shopping e como funciona?

Por novembro 30, 2017 julho 11th, 2019 Google

É um excelente momento para ser um comerciante online. Não faltam canais de marketing para isso e, além do mais, novas maneiras de segmentar, alcançar e manter potenciais compradores aparecem o tempo todo.

É também um tempo cheio de obstáculos. A competição é feroz. As expectativas dos clientes para com as experiências de compras são altas. A tecnologia nivelou o campo de jogo de certa forma, e a consolidação deu grandes vantagens a gigantes como a Amazon.

Admitimos que somos viciados em marketing digital e comércio eletrônico. Adoramos novas ideias de marketing e aproveitamos para testar novos canais. Mas, além de encontrar o que há de novo, gostamos de encontrar o que funciona de forma consistente.

Hoje, a nossa fonte de tráfego favorita para os comerciantes online é o Google Shopping (também conhecido como Product Listing Ads ou PLAs). Os anúncios do Google Shopping são exibidos quando um usuário procura um produto no Google.

Eles aparecem no topo ou muitas vezes no lado superior direito de uma página de resultados de pesquisa (veja abaixo). Os anúncios de compras também podem ser encontrados clicando na guia “shopping”. O que mais nos interessa é o 1-8 anúncios de compras que aparecem na página de resultados de pesquisa do Google (veja abaixo) – é aí que a magia acontece.

Como funciona o Google Shopping?

O Google Shopping é alimentado por duas plataformas: o Google AdWords e o Google Merchant Center. Google Merchant Center é onde estão todas as informações do seu produto, o chamado feed. Lá estão todos detalhes de seus produtos, tais como: título do produto, descrição, tamanho, cores, preço, imagem e tipos do produto. Essas informações devem ser organizadas em um formato amistoso para a Google.

O AdWords é o local onde suas campanhas de compras atuais estão e onde você configurará seu orçamento, gerenciará seus lances, obterá informações e criará otimizações com base no desempenho.

A configuração e gerenciamento de anúncios do Google Shopping é bastante diferente da configuração de anúncios de texto tradicionais. Com anúncios de texto, você está criando campanhas, grupos de anúncios e anúncios focados em palavras-chave que você escolhe.

Com o Google Shopping, o Google determina quando os anúncios da lista de produtos aparecerem. Eles consideram seu feed, seu site e seus lances para determinar quais consultas de pesquisa acionam seus anúncios. Por isso, configurar anúncios de compras tem algumas fortes semelhanças com o SEO.

O sucesso com o Google Shopping resume-se a três áreas principais

Criação e otimização de feed
Seu feed de dados são as informações sobre os produtos que você deseja vender. Você precisa estruturar e otimizar os vários elementos do seu feed para que o Google entenda e ache relevante para as consultas de pesquisa apropriadas.

Lances
Além do seu feed, suas lances são a parte mais importante das suas campanhas do Shopping. Eles desempenham um papel fundamental na determinação das consultas que você procura e da lucratividade da sua campanha.

Monitoramento e otimização
Um dos grandes benefícios do Google Shopping é a capacidade de ver dados de desempenho e fazer otimizações. Monitoramento e otimização adequados podem levar uma boa campanha e torná-la ótima.

Conclusão

Usufruir de tudo o que o Google Shopping tem para oferecer, requer algum tempo e atenção aos detalhes, geralmente vale o esforço. Os anúncios da lista de produtos funcionam porque eles conectam compradores e vendedores de uma maneira muito eficiente.

É possível obter retornos de 300-1,800% nas campanhas PLA. Esta plataforma continua a ser uma das formas mais eficazes de alcançar novos compradores, mesmo que a concorrência esteja em alta.

Um estudo do Think with Google informou que 50% dos compradores estão abertos à compra de novos varejistas. O Google Shopping é a plataforma perfeita para conectar compradores interessados e abertos com sua marca e linha de produtos.

Google Shopping com a Soluções Mídia

Se você está visando aumentar sua base de clientes e vender mais produtos de forma comprovada e mensurável, não conhecemos nenhum outro canal melhor para trabalhar do que o Google Shopping.

Walter Ziebarth

. Walter Ziebarth